O poema só nasce onde quer
Como um pé de fiolho,
é pura emoção selvagem ...

domingo, 13 de março de 2011

Mulher


  • Ser mulher é ter dentro de si
  • O centro do universo
  • Dar vida e luz
  • Às estrelas que gravitam ao seu redor
  • Não é um reino de pretensões
  • Mas de desvelo e emoções
  • Desmedida, em cada dia
  • Afectos amplia
  • Para gostar de ser mulher
  • Há tantas razões...

Teresa Almeida 08.03.11



3 comentários:

  1. Parece uma fotografia profissional! Parabéns. Continuas a surpreender com poemas tão bonitos e de tanta sensibilidade!Bjs

    ResponderEliminar
  2. Leio os teus poemas. Todos eles me cantam e encantam . Manda-me escolher o preferido....não sei... Tanta alma, tanto sentir, tanta musicalidade e sensibilidade....só tu....

    ResponderEliminar