O poema só nasce onde quer
Como um pé de fiolho,
é pura emoção selvagem ...

quarta-feira, 1 de agosto de 2012

Serei a tua canção

http://soundcloud.com/vinicius-pinto/serei-a-tua-can-o


Há uma enorme satisfação quando a letra conquista a melodia.

Grande abraço, Vinicius Pinto, por mais esta alegria.
"Eis um exemplo do que o filósofo Deleuze chama de rizoma: a poeta Teresa Almeida, de Portugal, participou da antologia Poetas da Confraria. Depois a poeta Elvira Campos B. Alves, também autora da antologia, presenteia o poeta e músico Vinicius Pinto com um exemplar num dos encontros do Corujão da Poesia. Vinicius transforma o poema da Teresa numa bela canção. Os dois não se conheciam, coube a este que vos escreve fazer a ponte. Viva a poesia, viva as possibilidade! "...O rizoma se refere a um mapa que deve ser produzido, construído, sempre desmontável, conectável, reversível, modificável, com múltiplas entradas e saídas, com suas linhas de fuga." ((DELEUZE e GUATTARI)" Delmo Fonseca

1 comentário:

  1. Junto-me à tua satisfação...Bom de ouvir, o teu poema em acordes melodiosos. Parabéns a ambos!

    Bjuzz, querida amiga :) :)

    ResponderEliminar