O poema só nasce onde quer
Como um pé de fiolho,
é pura emoção selvagem ...

domingo, 9 de abril de 2017

A dança da vida


Não queiras saber que tom é aquele que me arrepia,
nem em que caminho a natureza desfalece,
sente apenas que a vida são dois dias 
a a meio situo este cântico que me eriça a pele
e me entontece. Sente apenas este abraço,
e ouve Abril a madrugar. Falta pouco.
E se de enganos, meu amor, se criva a vida,
e eu me prender numa canção deslaçada,
nunca será mentira a sonata que me envias ao luar.
E me floresce nos dedos. E me desassossega.
Acertemos! É nossa a hora,o passo e a dança.

Teresa Subtil
30.=3:2017

11 comentários:

  1. Adoro este vídeo !
    Acertemos na poesia e beleza!!!
    Bj

    ResponderEliminar
  2. belo cântico à beleza e ao amor
    uma sensualidade suave e serena.
    quais notas de uma sonata.

    gostei muito, Teresa

    Beijo

    ResponderEliminar
  3. A hora é de acertar, agora e sempre.
    Boa, Teresa!

    Um beijinho :)

    ResponderEliminar
  4. Acertar a hora, o passo a dança. Foi o que fizeste neste belíssimo poema de sedução, Teresa.
    Uma boa semana.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  5. Olá Teresa.
    Gostei muito do teu poema, um belo poema.
    Também gostei do vídeo; dança de tango famosa, que conheci, foi num filme com Al Pacino; este, com Richard Gere, não conhecia. Parabéns.
    Um abraço, Pedro

    ResponderEliminar
  6. Com está música poética , quem resiste ?
    A sedução sentou- se aqui!
    Beijinho Teresa 👏

    ResponderEliminar
  7. A 'Dança da Vida', muito belo, Teresa, e para acompanhá-lo nada melhor do que esse tango, dramático e sensual - como todo o tango. Porém esse é o mais dramático que vi - não o conhecia!
    Beijo, amiga! Uma ótima páscoa pra você e sua família.

    ResponderEliminar
  8. Minha amiga,

    A tua dança poética; feminina e sedutora, de mãos
    dadas na sintonia com o teu amor (amado...).

    As tuas palavras tem uma melodia encantadora,
    que te cabe e ecoam poeticamente numa
    expressão singular!

    Belíssimos: poema e vídeo-música.
    Parabéns, Teresa!
    Apreciei imensamente.
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Minha querida amiga,

      Retribuir os teus votos de Páscoa, desejo também
      para ti e família uma Feliz Páscoa (renovação...)!

      Eliminar
  9. E há bons desassossegos...
    Um poema soberbo, gostei imenso.
    Votos de uma Páscoa Feliz, extensivos à família, cara amiga Teresa.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  10. A música da dança poética ou o perfume do verso?
    Só sei que aceitei voltar!
    Feliz Dia da Mãe, Teresa, querida amiga
    Terno abraço!

    ResponderEliminar