quarta-feira, 8 de setembro de 2021

Cativa-me

Cativa-me o berço da tarde

E em cada árvore
Borboletas que pinto.
Cativa-me desde sempre
A clareira a anunciar
Um palácio de cristal
E um mundo transparente.
Cativam-me
Oceanos de vida
Bondade e conhecimento.
E principalmente
Crianças a brincar
E olhos felizes.
Tantos! E ainda mais.
Como se a vida mudasse
Num clique de graça
E o terror acabasse
Na brisa que passa.
Cativa-me a inspiração
E prossigo
Na claridade
Que poderá despontar
Em qualquer folha
De um livro.
Teresa Almeida Subtil
02.09.21
Feira do livro-Porto







22 comentários:

  1. "" Cativa-me"" - Poema lindíssimo que muito gostei de ler.
    .
    Cumprimentos poéticos
    .
    Pensamentos e Devaneios Poéticos
    .

    ResponderEliminar
  2. Cativou-me, Teresa, com este seu belo e marcante olhar poético, sobre um mundo, nem sempre tão transparente quanto desejaríamos... por vezes bastante obscuro e desencantado, até... mas que sempre nos surpreende, e nos apaixona, quando pequenas grandes coisas, nos mostram que nunca nada pode ser generalizado, e que há sempre excepções que nos restituem a esperança, de que haverá dias, em que este nosso atribulado mundo, entre mais nos eixos... sendo a poesia uma das vias, para a sensibilidade e mudança que queremos que aconteça na nossa esfera interior... e se projecte a uma escala maior...
    Que a sua participação e presença, na Feira, sejam extremamente enriquecedoras... e que seja uma experiência para repetir, muitas mais vezes!
    Um beijinho grande! Feliz semana, com tudo a correr pelo melhor... e continuação de muito sucesso, para os seus livros, Teresa!
    Ana

    ResponderEliminar
  3. Cativa-me esta bela estética, Teresa!
    Um poema que nos enche os olhos.
    Um beijo, minha amiga!

    ResponderEliminar
  4. Muito belo, Teresa!

    Regressei e sinto a tua ausência nos meus 'blogs'...
    Despedi-me no final de Julho, na comemoração da Amizade...
    Bom fim de semana. Abraço.
    ~~~~

    ResponderEliminar
  5. «bondade e conhecimento»...produzem poemas de tamanha beleza!

    Beijo

    ResponderEliminar
  6. Que lindo esse seu olhar, querida Teresa.
    Cativa-me tudo o que escreveu!

    Que bom seria, um mundo onde pudéssemos cativar, só beleza, bondade e alegria.
    Resta-nos cativá-los nas palavras, para não nos esquecermos.

    Beijinho, feliz semana !

    ResponderEliminar
  7. Teu poema é cativante,
    Prezada amiga Teresa!
    Tem mensagem, sutileza
    E poesia o bastante,
    Cuja fragrância constante
    Perfuma mais os teus versos
    Que abrangem dois universos.
    Um que é subliminar,
    Outro que ensina a amar
    Os segmentos diversos.

    Parabéns, amiga. Abraço cordial. Laerte.

    ResponderEliminar
  8. Cativa-me o olhar sereno com que olhas o mundo.
    Cativa-me a transparência das palavras que deixas no poema.
    Cative-me o cantar poético que de ti emerge sempre com a beleza das coisas simples!

    Felicito-te pela tua participação nos eventos da Feira do Livro. Tive pena de não te ter encontrado.
    Uma boa semana e um grande abraço, Teresa!

    ResponderEliminar
  9. Olá, querida Teresa, e você me cativou com esse belíssimo poema!
    E que foto linda, fiquei a olhar tempo seu tronco, o lugar maravilhoso! Tudo se enquadrou, querida, parabéns!
    Uma feliz semana pra você, cuidando-se sempre.
    Beijinho.

    ResponderEliminar
  10. Cativas os teus leitores com as tuas palavras sempre sóbrias, sempre belas. Cativas-me quando desejas que o mundo melhore: "Como se a vida mudasse Num clique de graça E o terror acabasse Na brisa que passa.".
    Desejo que a Feira do livro tenha corrido bem.
    Uma boa semana.
    Cuida-te.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  11. Querida Teresa

    A sua Poesia inspira-se na própria Vida, onde procura colher o
    perfume que exala do que melhor existe. E nisso dá-nos conta da sensibilidade com que olha para cada flor, para a água que corre, para o Sol que aquece, para os recantos familiares que lavam o coração, trazendo-nos as suas memórias.

    Adorei este seu Poema.
    Somos cativados pelo seu ritmo e encanto.

    Obrigada, minha amiga.
    Beijinhos
    Olinda

    ResponderEliminar
  12. Olá, Teresa, gostei muito de ler esse seu belo poema, na forma e no conteúdo. Uma obra poética singular. Um poema inspirado e pleno de sensibilidade.
    Um excelente final de semana, cuidando-se.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  13. Boa noite Teresa,
    Que poema lindíssimo!
    Todos ansiamos por um mundo melhor, mais transparente e feliz.
    Que a inspiração nunca lhe falte para nos presentear com poemas tão belos como este.
    Beijinhos e bom fim de semana.
    Ailime

    ResponderEliminar
  14. Pois, és uma cativa das coisas belas do mundo e da boa poesia que fazes...
    Excelente poema, gostei imenso.
    Bom domingo e boa semana, querida amiga Teresa.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  15. Gostei da forma poética de como descreve o maravilhamento com a vida, algo que requer sensibilidade e paz! Um abraço :)

    ResponderEliminar
  16. Como não ficar cativada por este sublime poema.
    Que mundo lindo teríamos, se todos nos deixássemos cativar pelo lado bom da vida.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  17. Que bom seria se todos nos deixássemos cativar por pormenores tão simples e ao mesmo tempo belos e imprescindíveis que fazem parte do nosso mundo real, Teresa! Este é o mundo que ainda temos a sorte de conhecer, de saborear. Que bom seria que fóssemos cativados sempre assim!
    Delicioso, querida amiga!
    Um abraço!

    ResponderEliminar
  18. Querida Teresa, voltei a ler o teu belo e cativante poema.

    Apreciaria muito que desses uma ''força'' ao José Régio no 'A Vivenciar...

    Boa primavera. Beijinhos.
    ~~~~~~~

    ResponderEliminar
  19. cativa.me a tua palavra poética, a tecer borboletas e coisas claras e simples. com que embelezas o teu mundo e oforecesm«« como dádivs so leitor

    beiga, querida POeta

    ResponderEliminar
  20. uma imagem linda para um poema que tem tudo a ver! é bom, e sensato, manter esse olhar. um beijo, Teresa.

    ResponderEliminar
  21. Boa noite de domingo, querida Teresa!
    Venho do blog da Ana, apreciar uma linda poesia sua.
    Cativa-me desde sempre
    A clareira a anunciar
    Um palácio de cristal
    E um mundo transparente.

    Uma palavra mágica é cativar... nos remete ao mais puro dos sentimentos e sua poesia está cativante.
    Tenha dias abençoados!
    Beijinhos com carinho e estima

    ResponderEliminar

Voltarei!