quarta-feira, 20 de dezembro de 2017

Hora da Poesia Rádio Vizela


Acabei de gravar "Lhenços, boinas i saltaretes" para um programa que não gosto de perder: "A hora da poesia", na rádio Vizela. O meu coração enche-se de glória por levar a LÍNGUA MIRANDESA", pouco que seja, a um espaço que trata a poesia com esmero, devoção e brilho. Apesar de eu ser neofalante, a minha paixão é um voo sem limites.
O meu Pc fez atualizações demoradas mas como - por encomenda - deixou-me uma fabulosa imagem do meu rio. Como se quisesse felicitar-nos. É ele que me arrepia e me eleva às alturas em que sinto o eco da palavra.
O meu imenso abraço a Conceição Lima e à Rádio Vizela.

10 comentários:


  1. Olá, Teresa!
    Não poderia deixar de fazer esta visita para te desejar um FELIZ NATAL e um ANO NOVO com muitas realizações, amor, saúde, paz e poesia.
    Um beijo.
    Pedro

    ResponderEliminar
  2. E a Rádio Vizela só ficou a ganhar com a tua participação.
    Amiga Teresa, os meus votos de um FELIZ NATAL e de um óptimo ano de 2018.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  3. não ouvi em directo, mas ouvi a gravação
    e gostei muito

    beijo, amiga

    ResponderEliminar
  4. Tudo pelo melhor em família e outros amigos
    Bj

    ResponderEliminar
  5. Fico contente por ti, Teresa.
    Um Feliz Natal!

    ResponderEliminar
  6. Ouvi em directo. Fiquei impregnada do espírito de Natal.
    Gostei muito de todo o programa. A Conceição Lima sempre excelente.
    Boas Festas.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  7. Amiga Teresa, o meu desejo de um BOM ANO NOVO, extensivo à família e amigos.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  8. Olá, Teresa Almeida

    Gostei muito do que aqui, e nos outros blogue, se faz em prol da língua mirandesa.

    Desejo-lhe um Ano Novo Feliz.

    Muito obrigada pela sua visita ao Xaile de Seda.

    Abraço

    Olinda

    ResponderEliminar
  9. Parabéns pelo evento e
    sucesso nos teus projetos
    literários, querida Teresa!
    Beijos.

    ResponderEliminar
  10. E já fazes tanto pela língua mirandesa, Teresa. Além da tua veia poética , o teu carinho quando dizes poesia em mirandês, lê- se nos olhos e na alma
    Foi um muito bom , com a segurança da nossa amiga , Conceicao Lima
    Grande bji

    ResponderEliminar

Voltarei!